Esses atores maravilhosos e seus papéis amaldiçoados (1ª Parte)

atores amaldiçoados1

Entre os muitos filmes já produzidos no mundo, sempre existirão aqueles inesquecíveis. Seja devido à bela fotografia, uma música inesquecível, direção primorosa, estória original, efeitos e “defeitos” mais que especiais ou até mesmo a composição de tudo isso.

E quando os protagonistas têm uma atuação marcante, eles acabam sendo vinculados aos seus personagens para sempre. Mas é neste momento que tudo complica… principalmente para o próprio ator.

Diversos atores e atrizes ficaram tão marcados com seus personagens, que muitos tiveram suas carreiras prejudicadas. Este vínculo deve-se a muitos fatores, mas por outro lado, se não houvesse uma grande talento na interpretação, eles não seriam tão marcantes.

Entre as muitas causas, poderíamos destacar algumas explicações para este infortúnio, como:

a) comprometimento extremo do ator para com o papel (principalmente em início de carreira);

b) identificação com o próprio personagem, criando uma profunda atuação;

c) interpretar o mesmo personagem durante um longo tempo (como em Séries de TV).

No caso do protagonista, entregar-se muito ao seu papel, além de surpreender o público, ele acaba vinculando-o àquele personagem.

Na atualidade, temos muitos exemplos de atores, que apesar de terem tentado, ainda não conseguiram desvincular-se de seus personagens “vitalícios”. Bom, vamos conhecer alguns deles:

LEONARD “Spock” NIMOY

Este excelente ator e diretor já atuou em mais de 50 séries clássicas, entre elas Dragnet (1954), Bonanza (1960), Além da Imaginação (1961), Os Intocáveis (1962), Agente 86 (1966), Missão: Impossível (1969) entre muitas outras. Ele também participou de algumas séries atuais como Fringe (2009) e The Big Bang Theory (2012). Mas foi na famosa série Jornada nas Estrelas (1973), no papel do vulcano Spock, que Nimoy ficou conhecido e eternizado mundialmente.

Leonard Nimoy já dirigiu diversos filmes como: Três Solteirões e um Bebê (1987), OSpock_2387 Preço da Paixão (1988), As Coisas Engraçadas do Amor (1990), e claro, dois filmes da sua franquia predileta: Jornada nas Estrelas 3 – A procura de Spock e Jornada nas Estrelas 4 – A volta para casa.

Muitos anos se passaram e apesar de algumas aparições em diversas produções, não teve jeito. Aonde quer que vejamos este rosto, sempre nos lembraremos de Spock. E ao contrário de muitos atores, ele não se incomoda com este vínculo, como ele mesmo afirmou em um dos “featurettes” do DVD Star Trek (2009), onde voltou ao seu papel de origem, sobre a direção de J.J. Abrams. Então, sempre seja bem-vindo Leonard Nimoy.

MARK “Skywalker” HAMILLmark-hamill-10865129-257-320

Talvez Mark Hamill seja o maior exemplo da essência desta matéria. Apesar de ter atuado em algumas poucas séries e também ter emprestado a sua voz para desenhos animados (como Batman Animated Series e para jogos da própria LucasArts), este “desventurado” ator ficou eternizado como Luke Skywalker de Guerra nas Estrelas e nunca mais conseguiu apagar esta fama.

Como sabemos, Guerra nas Estrelas (1977) é a ópera espacial mais famosa de todos os tempos. Graças a uma estória envolvente, efeitos especiais à frente do seu tempo e um forte trabalho de marketing de George Lucas. Este fenômeno mundial marcou uma grande geração, assim como as carreiras de seus protagonistas, pois ninguém tinha ideia do enorme sucesso que o filme faria. Nem mesmo o seu próprio autor, George Lucas.

Mark_HamillDepois de uma brilhante atuação em Guerra nas Estrelas, diga-se de passagem, Mark Hamill não fez mais nada significativo, pois o vinculo muito forte com a trilogia não despertou muito interesse em diretores e produtores de grandes estúdios. E ele bem que tentou… Desde participações em séries como The Flash (1990), fazendo o papel do vilão “Trapaceiro”, até filmes mais atuais como Império do Besteirol Contra-Ataca (2001), do diretor Kevin Smith (fã incondicional da velha trilogia), e como dublador do “Coringa” na maioria das produções de desenhos e jogos do homem morcego.

Agora, anos depois, Mark Hamill voltará novamente ao papel que o marcou em Guerra nas Estrelas VII.

Continua na próxima semana.

Deixe uma resposta...