Máquina Mortífera I (1987) e Máquina Mortífera II (1989)

Máquina Mortífera I e II

Gênero: Ação / Policial

Considerado como um dos melhores filmes de ação-policial já produzidos pela indústria do cinema, Máquina Mortífera (1987) fez um um feito inigualável… recriou uma fórmula de sucesso, que até hoje, nenhum diretor conseguiu repetir: inovar o velho esteriótipo de policial bom e policial mal. Claro que esta façanha deve-se à diversos fatores positivos, como uma trama frenética e contundente e humor bem dosado. E como se não bastasse, um bela trilha sonora, ao som de um saxofone com uma leve pegada de blues, completam a cena e traduzem poeticamente os sentimentos de cada personagem. A principal música do filme foi composta por Michael Kamen e ninguém menos que o mestre Eric Clapton e sua guitarra inconfundível.

E todo esse sucesso, também deve-se unicamente a visão e a responsabilidade do diretor Richard Donner, que soube administrar muito bem as atuações de Mel Gibson e Danny Glover, não permitindo que um ofuscasse a estrela do outro.
Ao saber amarrar as pontas soltas, o diretor Richard Donner conseguiu transmitir toda a segurança que os executivos da Warner estavam querendo naquela época, dando-lhe total liberdade para uma sequencia. E foi isso que aconteceu. Dois anos depois, Maquina Mortífera 2 (1989), chega às telas trazendo a mesma fórmula de sucesso de seu antecessor: uma boa história, trilha envolvente, muita ação e humor, agora a cargo do brilhante Joe Pesci, como um informante atrapalhado.

Avaliação: 5 Stars

Deixe uma resposta...